EMÍLIO OU QUANDO SE NASCE COM UM VULCÃO AO LADO
Escrita Fina
Product ID: 3672
Product SKU: 3672
New In stock />
EMÍLIO OU QUANDO SE NASCE COM UM VULCÃO AO LADO

EMÍLIO OU QUANDO SE NASCE COM UM VULCÃO AO LADO

Marca: Escrita Fina Referência: 9788563877956

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete

Como deve ser nascer com um vulcão ao lado e sofrer todo o preconceito oriundo dessa situação? Emílio, que nasceu dessa forma, embarca numa aventura eletrizante para salvar as crianças de Lapim de Pá e as mulheres de cabelos brancos e olhos bem apertados, pois elas guardam muitos segredos. Encontra também diversas pessoas diferentes, que o ajudam na aventura mais difícil da sua vida: a autoaceitação. Emílio é uma linda história que valoriza a tolerância entre as pessoas e o respeito ao outro.

_x005F_x005F_x005F_x000D_
_x005F_x005F_x005F_x000D_

 

_x005F_x005F_x005F_x000D_
_x005F_x005F_x005F_x000D_

Texto | Hugo Monteiro Ferreira Ilustrações | André Beltrão Gênero: romance Páginas: 156 Dimensões: 17 x 24 cm ISBN: 978-85-63877-95-6 Prêmios e edições especiais Finalista do Prémio Jabuti ? categoria Juvenil 2014

_x005F_x005F_x005F_x000D_

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características



    O ESCRITOR

     

    Professor, pesquisador, mestre em literatura, doutor em educação e autor de livros destinados a crianças e jovens, Hugo Monteiro Ferreira nasceu e vive em Recife. É filho, esposo, pai, amigo de muita gente e irmão de mais um bocado — afinal, é penúltimo filho de uma família comprida. E como tal, sempre ouvia a mãe dizer que sua sina era a palavra, fosse ela escrita, oral, na sala de aula, no centro do palco, sozinho, em comunhão, não importava. Amante das artes, dependente da leitura e inquieto com as coisas da escola, Hugo fez de fato a palavra sua sina, seu ofício, seu amor e sua sorte.

     

     

    O ILUSTRADOR

     

    André Beltão é designer e ilustrador. E professor de design e ilustração. Desenhar, evidentemente, é algo inerente ao ser e estar de André. Das coisas que faz, é o lhe dá mais prazer. E, sendo o seu trabalho, é o casamento perfeito.

     

     

     

     

    Confira também